Voltar a Londres era algo que estava na minha bucket list já há algum tempo... E embora tenha amado Nova Iorque - e vocês sabem - fiquei com o bichinho de voltar à nossa cidade mais cosmopolita, aqui pela Europa. Esta foi a minha terceira ida a Londres e isso tornou tudo bem mais calmo - sem as pressões de ter que conhecer os monumentos, os museus, etc etc...

Quando combinei tudo com a Waynabox, eles não faziam ideia que o destino que eu queria era mesmo Londres - e foi uma surpresa maravilhosa quando, 48 horas antes da viagem, recebi no mail esta boa nova. Nesse mail vinha também tudo tratadinho: os dados dos meus vôos, o hotel onde íamos ficar e um guia óptimo para me orientar pela cidade, com os pontos chave e até contactos de emergência.

Onde ficámos
Desta vez, fiquei numa zona nova (para mim!) de Londres - Barbican. Estávamos a 10 minutos a pé da linha vermelha (na estação de St. Paul's - a três estações de Oxford Street), a 3 minutos da linha preta e a 15 minutos a pé de Shoreditch. Ficámos alojadas no hotel Citadines Barbican, numa zona mais empresarial mas com condições de um verdadeiro hotel de 4 estrelas! Infelizmente viemos embora na véspera do novo restaurante do hotel abrir, mas tinha um aspecto maravilhoso.

Os vôos
Algumas das questões que tenho recebido em relação à Waynabox, prendem-se com os vôos. É claro que a pagar apenas 200€ por fim-de-semana, é altamente provável que vos calhe um vôo de uma companhia low cost. Mas, sejamos honestos, todos nós procuramos por vôos low cost quando tentamos marcar uma viagem. Portanto, não podemos ser esquisitos aqui! Para lá voamos pela Easyjet e para cá viemos pela Monarch. Tirando as questões de combustível que afectaram todo o aeroporto de Lisboa e que nos deram um atraso valente, correu tudo lindamente!

Chegámos e partimos de Gatwick - que foi uma novidade para mim. Mas por £35 podem apanhar o Gatwick Express que vos leva do aeroporto até à estação de Victoria em meia hora! E sim, este valor já é ida e volta, sendo que o bilhete de regresso pode ser usado nas 6 semanas seguintes, sem uma data pré-definida. Podem comprar o bilhete na estação mas, pela easyjet, também podem comprar a bordo do avião.

 
Este atraso trocou-nos um pouquinho as voltas, na verdade. Mas não foi por isso que desmoralizamos. Aproveitámos a tarde para passear pelo clichê de Londres. Desde Oxford Street, a Regent Street, Carnaby, à Liberty London e acabámos pelo Kingly Court - que está mega renovado desde a última vez que lá fui - onde jantámos!


CARNABY
É das minhas zonas favoritas de Londres, sem sombra de dúvidas. Para compras, comer ou só mesmo passear...

Lojas
Liberty London, Urban Decay, Vans, Monki,  Pixi, Skinny Dip, Estée Edit, Cowshed, Boots, Scotch & Soda... 

Kingly Court
Lembro-me desta zona como sendo um aglomerado de lojas super 
giras, com dois andares assim em modo varandim. Tive uma óptima 
surpresa quando vi que foi tudo renovado e agora são apenas
 restaurantes. Desde hamburgueres, a pizzas, a ramens, cupcakes 
ou apenas cocktails, há de tudo. E está um espaço super giro e agradável - com free wi-fi

Restaurantes 
No primeiro dia, jantámos no Whyte & Brown, dentro do Kingly 
Court, onde comemos um dos melhores frangos da minha vida! Um 
restaurante apenas de frango mas com uma carta bem variada desde os hamburgueres, às saladas.

Já no sábado, ficámos pelo Rosa Thai - uma recomendação da 

revista a bordo da easyjet. Um tailandês verdadeiro, com um ambiente super giro, bem no meio de Carnaby Street.  A minha recomendação?
O pad thai, sempre! À saída ainda me ofereceram uns postais com receitas tailandesas no verso. Loved it


Sábado pede sempre o mesmo, vá quantas vezes for a Londres: Portobello Market. E desta vez, resolvemos explorar um pouquinho mais a zona e conhecer as perpendiculares à Portobello Road. Por norma, começamos na rua e fazemos tudo seguidinho até ao final do mercado, sem nunca virar... E, desta vez, tive uma óptima surpresa quando virámos para a zona de Westbourne Grove onde fomos ao nosso brunch!

 
O mercado de Portobello é um clássico das manhãs de sábado londrinas. Vale a pena acordar cedinho e explorar a rua enquanto ainda não está demasiado cheia de gente. Saem em Notting Hill Gate e toda a estação está bem assinalada para vos levar até Portobello. E quando começam a ver as casas coloridas... sabem que chegaram! Mas cuidado com as fotografias nas casas - desta vez tive uma situação caricata de um senhor que ficou bem ofendido comigo por estar em propriedade privada. Mas desde velharias, a comida deliciosa, a peças artesanais e flores neste mercado encontram tudinho. 



PORTOBELLO
Encontrar achados maravilhosos? É aqui, sem dúvida. E se não
quiserem ficar pelo mercado de Portobello, a zona de Westbourne
Grove é maravilhosa. 

Imaginem a zona mais compostinha deste mercado, com lojas
tipo Diptyque, Aesop e até Bimba y Lola. Foi aqui que perdi a cabeça
e trouxe a minha nova vela! 

Restaurantes 
Quando chegam à porta de um restaurante e vos dão um tempo de espera de 45 minutos... Ou desistem ou persistem - e mesmo com chuvisco, nós persistimos e valeu cada segundo de espera. No Granger & Co. os ovos são esta maravilha que vêm na foto e as panquecas de ricotta(com maple syrup) são de ir ao céu e voltar. O espaço é super super giro e o atendimento sem nada a apontar. Voltava a esperar, sem dúvida, o tempo que fosse necessário!

Ficou por conhecer o café 202. Mas é daqueles que conquista
só pelo aspecto exterior, com um mix de loja também.

Se vos apetecer uma bebida ou algo mais refrescante durante a ida ao mercado, super que recomendo os sumos da Joe & The Juice. A minha garganta e as minha alergias ainda não estavam a 100% e senti que o sumo immunity que bebi ajudou a levantar a minha saúde um pouquinho...












Mas um sábado inteiro não se faz apenas de Portobello. Entrámos novamente no metro e desta vez fomos até...

COVENT GARDEN

É verdade - parece que andámos a correr as lojas e os mercados.
Mas quando já se conhece a cidade, temos esta liberdade extra,
de voltar aos sítios que sabemos que gostamos e nos quais
queremos apenas passear.


Aqui é onde encontram o restaurante do Jamie Oliver,
o Jamie Italian's, se vos apetecer comer uma pizza ou
um pratinho de massa.


























Terceiro e último dia foi reservado para uma zona que queria muito conhecer: Shoreditch. A Andreia recomendou-me imenso esta zona e ela tem sempre dicas maravilhosas sobre as cidades. E era uma zona que eu, de todo, não conhecia e que me surpreendeu... Não me conquistou totalmente mas deixou-me curiosa para lá regressar... Além disso, o The Breakfast Club era dos poucos sítios que levava já pré-definidos de Portugal. E, acreditem, valeu toda a expectativa.

 


SHOREDITCH
The Breakfast Club 
A Andreia dedicou-lhe todo um post e eu entendo bem porquê. Fomos o mais cedo que conseguimos porque era o nosso último dia mas, também, por lhe conhecíamos a fama de filas intermináveis. E valeu a pena levantar mais cedo (mesmo que tivéssemos ficado até às tantas a vera Eurovisão...) porque é tudo... delicioso! Imaginem aquele sítio onde sóde olhar para a carta não sabem o que escolher... É aqui. E se as panquecas no Granger & Co. eram óptimas, estas então... conseguiram sermelhores ainda. E claro, não dispenso a minha tostinha de abacate seja onde for! Super super super recomendo!

Brick Lane 
Esta zona conhecem-lhe a fama, pelo menos. É a zona onde está a passadeira imortalizada pelos Beatles. Mas é muito mais que isso - e era uma das minhas grandes falhas em Londres. Domingo de manhã é a altura ideal para virem aqui e correrem o mercado e as lojas vintage. Tivesse eu mais espaço na minha mala e bem que tinha trazido uns quantos casacos de ganga Levi's. Mas vão com tempo - as lojas vintage são mesmo de perder a cabeça!
Columbia Flower Market
Para quem é turista e adora flores, como eu, este mercado torna-se frustrante... Têm todos os tipos de flores (todos MESMO!) e à vossa volta só têm é pessoas com os braços cheios de flores. E nós não podíamos comprar nada, claro. Mas vale imenso a pena... Nem que seja só para desejar ter algo semelhante por cá... 




E agora que já têm todo o meu roteiro de Londres (que podem acrescentar aos posts que já tinha feito há uns anos sobre a cidade - #1, #2 e #3 -  não fica por aqui... Toda esta viagem valeu pela experiência Waynabox. Se os dias lá foram óptimos, tenho que confessar que todo o factor surpresa e antecipação da viagem deixou-me ainda mais entusiasmada. E eu quero que vocês vivam o mesmo! Por isso mesmo, tenho uma surpresa para vocês.


É o código que vos dá 20€ de desconto na viagem, que podem utilizar durante um ano, as vezes que quiserem! Ou seja, podem aproveitar a experiência Waynabox - uma viagem surpresa de três dias com vôos e alojamento incluído - por 180€! Apaixonados por viagens, isto é mesmo para vocês...

E Londres, voltamos a ver-nos em breve, de certeza!
 

5 comentários

  1. Olha que eu estou super tentada em testar o serviço. Parece-me incrível!
    THE PINK ELEPHANT SHOE // INSTAGRAM

    ResponderEliminar
  2. As dicas já estão apontadas. Obrigada pela partilha. 😘

    ResponderEliminar
  3. Olá Mafalda, tenho sempre curiosidade em saber que máquina utilizas para tirar estas fotografias maravilhosas!

    Um beijinho :)

    ResponderEliminar
  4. Tenho tantas saudades de Londres! Obrigada por esta publicação fantástica e com dicas super úteis para um futuro regresso :)

    ResponderEliminar

Contact

Com tecnologia do Blogger.

Instagram - @mafalda_beirao

© 2008-2017 MALMEQUER