A ida a Marrocos foi algo pouco planeado e o budget para compras não era muito. Mas havia algo que já me tinham alertado e que é a realidade dos mercados Marroquinos - nada se compra sem regatear, nada! E valeu me muito esta dica, acreditem.

Praticamente todos os Souks de Marrakech permitem que se regateie, e isto acaba por ser mais do que uma permissão - é uma obrigação! E isso fez com o que está nesta imagem não tenha custado nem 400 dihrams - ou seja, nem 40€! 

Seria impossível ir a Marrocos e não trazer algumas coisas comigo. Trouxe especiarias e chás, que não estão na imagem, mas tinham que vir também as pulseiras de prata (1€ cada), uma pashmina (10€) e, o tão famoso, óleo de Argão (10€). Claro que o resto veio por acréscimo: um Óleo de massagem com propriedades terapêuticas (8€), uma essência de jasmim e um cesto óptimo para a praia (10€), cheio de lantejoulas prateadas, mesmo a fazer desejar os dias de praia! 

Marrocos é daqueles locais óptimos para nos perdermos nas compras. Tudo é apelativo e diferente do que vemos por cá. E podermos regatear até ao nosso preço é algo que, embora se estranhe ao início, facilmente lhe tomamos o gosto!

10 comentários

  1. Nunca senti o apelo de África mas Marrocos é um sítio que adorava visitar (como me contradizer numa só frase...), só de imaginar o cheiro das especiarias e as cores nos mercados e nos edifícios apetece-me ir fazer a mala e embarcar numa viagem até lá!
    E óptimas compras, só pechinchas :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não acho que te estejas a contradizer. África é um continente com tanta diversidade quanta aquela que a tua mente possa alcançar. A África do Norte, a Subsariana, a Central, etc. Têm todas culturas tão distintas, cada uma com etnias diferentes, línguas, e histórias distintas que é fácil, por exemplo, sentir vontade de ir a Marrocos e não achar piada ir a outro lado qualquer dentro do mesmo continente. Até penso que aquele apelo de África de que todos falam é de uma África um pouco reduzida naquilo que ela própria é. :D ***

      Eliminar
  2. Nunca fui a Marrocos, e senti um impulso ao ler esta tua mensagem! :) É para o ano!
    :)

    ResponderEliminar
  3. Óptimas compras :D e regatear realmente é estranho no começo mas depois entra-se no espírito da coisa e é engraçado.

    ResponderEliminar
  4. Já estive na Tunísia e a experiência de regatear é semelhante :).

    Sem Jeito Nenhum Blog

    ResponderEliminar
  5. Eu acho que me ia perder a comprar especiarias, só de ver as cores, fico logo com suores frios! Também fiz muitas compras boas no souk de Hammamet, na Tunísia e lá apanhei um árabe mais simpático que me ofereceu um olho grego da sorte que está pendurado no puxador da mesinha-de-cabeceira da minha mãe. :) Quanto às tuas compras, eles têm produtos incríveis com ingredientes que nós não temos e são realmente bons. Mais uma vez, da Tunísia, trouxe cinco frascos de água de rosas. Top para a pele! ;)

    ResponderEliminar
  6. Deve ser mesmo um lugar óptimo para se fazer compras! Adorei as tuas escolhas :)

    \ Indigo Lights

    ResponderEliminar
  7. hum quando decidir ir a Marrocos vou lembrar-me do teu post e levar a minha mãe, ela para regatear é a maior!!

    ResponderEliminar
  8. Estive na Tunísia em Julho e também regatear é já um hábito! Boas compras :)

    ResponderEliminar
  9. Na Ásia negociei muito muito por isso estou preparada para marrocos. já estou mesmo entusiasmada para a viagem. só coisas boas que trouxeste!!

    ResponderEliminar

Contact

Com tecnologia do Blogger.

Instagram - @mafalda_beirao

© MALMEQUER
Design by The Basic Page