Nos últimos tempos, com a exigência da faculdade, a minha lista de filmes para ver tem aumentado exponencialmente. O tempo é escasso e sinto sempre que aquelas 2h são tempo perdido. 
Mas, como as minhas quintas são sempre de folga, decidi que serão os dias em que irei tornar essa lista mais pequena. Um filme a cada quinta e a coisa vai começando a compôr-se.


Por influência das críticas que a Beatriz lhes fez, estas foram as minhas opções das duas últimas semanas. Ambos têm uma componente social enorme e, claro, foi isso que tanto me seduziu em ambos os filmes.

Shame - é tão absorvente e, ao mesmo tempo, provocador, que não conseguimos tirar os olhos do ecrã. Traz-nos a história do Brandon, um homem de 30 anos que, à partida, nos parece bem sucedido, mas que tem uma compulsão sexual. E da sua irmã, a Sissy, que é uma cantora alcoólica e altamente depressiva. O filme tem umas quantas cenas sexuais bem explícitas mas não, não é um filme sobre sexo. É um filme sobre vícios, sobre compulsões e sobre o quanto isso nos pode alhear do mundo. É nostálgico, é lento e chega a ser doloroso de ver de tão real... Mas lá está, é tão absorvente que nos deixa a pensar no assunto durante algum tempo. Pelo menos a mim deixou. 

We Need To Talk About Kevin - a frieza e a distância de uma relação maternal. É um filme que nos mostra a relação da Eva com o seu filho, o Kevin. Ou, direi, a falta dela. Aquando da gravidez, Eva decide deixar de trabalhar para poder tomar conta do filho, embora este não tenha sido desejado. Enquanto o Kevin cresce, eles vão-se afastando cada vez mais com uma ausência de empatia e de intimidade (à falta de melhor palavra) terríveis. O drama oscila entre momentos do presente e do passado e, tal como o Shame, torna-se absolutamente absorvente de tão intenso que é. Mas sobre este, podem ler mais aqui, no post que a Beatriz escreveu. 

Não consigo dizer qual gostei mais. Mas sugiro-vos ambos. Não são bonitinhos, não nos deixam com um sorriso nos lábios. Mas deixam-nos, sem dúvida, a pensar nas relações que temos à nossa volta. Aproveitem o fim-de-semana para os ver! 

19 comentários

  1. Vi o Shame no Fantasporto e achei absolutamente soberbo. Tudo naquele filme está bem feito. Incrivel.
    O segundo ainda não vi mas já tenho lido muita coisa boa acerca dele, por isso está na lista!

    ResponderEliminar
  2. Eu já vi o shame e gostei do filme! O outro fiquei curiosa para ver.

    ResponderEliminar
  3. e eu? nem tenho tido tempo para evr as minhas séries...

    http://maniac4moda.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  4. Ainda n vi nenhum, mas fiquei cheia de vontade!

    ResponderEliminar
  5. Tenho imensa curiosidade para ver o "We Need To Talk About Kevin" já tinha ouvido falar dele, talvez seja este Fim de semana!!
    Bom fim de semana!!!!!
    beijinho
    S.
    A COZY BOX

    ResponderEliminar
  6. o shame já está na lista. o outro vou tratar de o pôr também. mas ainda não vi nenhum deles. vi o "the intouchables" que adorei. mas tenho visto mais séries que filmes. e eu que adoooro cinema. *

    ResponderEliminar
  7. Eu vi o Shame e é mesmo um filme muito intenso e perturbante. O segundo ainda não vi, mas fiquei curiosa ;)
    Beijinho e bom fim-de-semana!

    Cat
    (http://www.fromsomeoneinlove.com/)

    ResponderEliminar
  8. Quero muito ver os dois. Aliás é uma vergonha que ainda não o tenha feito.

    ResponderEliminar
  9. E é desse tipo de filmes que eu tanto gosto, mas tal como tu ando sem tempo e a minha lista já está nos 16, 17 ai com o "shame" que me fizeste acrescentar :)

    PB*

    ResponderEliminar
  10. São dois filmes que quero ver já à algum tempo,especialmente o 'we need to talk about Kevin' mas assim como tu, não tenho tido tempo.
    A ver se em breve tb ponho a minha lista de filmes actualizada!! Boas escolhas baby...gosto sempre das criticas que a Bee faz e por isso mais uma razão para nos pormos a ver estes filmes ihih.****

    ResponderEliminar
  11. vi o we need to talk about kevin, e adorei. tenho uma grande pancada por sociopatas, desde o elephant, ao livro dos dezanove minutos da jodi picoult, é uma coisa que sempre me fascinou. o fim foi mesmo wow para mim. adorei, e o ezra miller... asdfgh ele é perfeito, ahah xx

    ResponderEliminar
  12. Já vi o Shame e gostei é um filme forte, que vale a pena ver...:)

    http://styleloveandsushi.blogspot.com

    ResponderEliminar
  13. I've not seen either of these films yet - thanks for the reviews!
    Would love you to check out my latest outfit post :)
    Have a fab weekend xoxo
    http://www.intotheblonde.com/

    ResponderEliminar
  14. poxa, ainda n vi nenhum desses dois...ultimamente n tenho visto filmes nenhuns :s vou ja anotar esses dois.

    ResponderEliminar
  15. Hmm, Mafalda, já que és de Psicologia, que me dizes acerca da minha ideia de ele ter uma PBP?

    Quero muito ver o segundo!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. PBP?... Deves estar a referir-te a alguma perturbação, right? Bipolar? :P E qual deles? ***

      Eliminar
  16. Borderline, ele. Ela ainda não tenho uma ideia bem formada :) Mas, como ela diz: "We're not bad people. We just come from a bad place".

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Humm. Eu dei DSM no meu terceiro ano e depois só perturbações infantis, por ser educacional... Por isso, borderline não é muito a minha praia. Mas sim, há ali uma pontinha de qualquer coisa... És de psicologia também? :) *

      Eliminar
    2. Sim, sou de Psicologia também :) Sou de clínica, mas é sempre bom partilhar ideias. Boa sorte com a tese! Está quase não?

      Eliminar

Contact

Com tecnologia do Blogger.

Instagram - @mafalda_beirao

© MALMEQUER
Design by The Basic Page