Esta semana a mãe comprou endívias. Lembras-te como comíamos isto até dizer chega na casa antiga? Ela nunca percebeu o porque de gostarmos tanto disto, mas nós entendíamos e fartavamo-nos de encher a barriguinha disto. É uma das coisas que herdei de ti. E acho que não é só isso. 
Fizeste com que a minha infância fosse passada a ouvir Iron Maiden e talvez por isso, hoje ainda tenha um gostinho especial quando toco alguns dos álbuns que encontro aqui por casa. Talvez seja por isso, também, que o ouvido pende sempre para música mais pesadinha. Acho que nisso, tu também és o responsável. 
Mas herdei muito mais. Herdei o teu espírito altruísta, de dar tudo para os outros, mesmo que eu fique sem nada. De ser mais para os outros e de me dedicar por completo. Mas também herdei o teu lado frio e rancoroso, de dar com os pés quando me magoam. De me fechar a sete chaves quando não quero que entrem mais no meu espaço. E o reclamar. Ui, isso é mesmo teu. A mãe bem se queixa e bem diz “bolas, sais mesmo ao teu pai!” e tenho orgulho nisso. Não deixo nada por dizer... E quando não gosto, ah é certo que faço com que o saibam. Mas também herdei o teu jeito carinhoso. Adoro mimar quem gosto e quando sei que o merecem. Se tenho amor para dar, porque não mostrá-lo e mimar as pessoas? Isso e o teu gosto por surpresas. Lembro-me tão bem quando entravas em casa com uma flor para a mãe... Uma flor qualquer que tinhas arrancado de um canteiro. Ou quando trazias um chocolate. Não era uma caixa de chocolates, mas sim um simples chocolate. Só para dizer “ei, lembrei-me de ti...”. E sei que isso também herdei de ti.
 Herdei o teu cabelo escuro e os teus olhos. É certo que os olhos azuis da mãe também são lindos, mas misturados com os teus, resultaram neste verde de cor estranha, mas que têm o formato amendoado dos teus. Isso e os teus lábios carnudos - que confesso serem uma chatice para batons mais fortes... Problema que acho que nunca tiveste!... Não herdei a altura... O teu 1,80m não se compara ao meu pequeno 1,60m... Nem herdei a tua figura esbelta, que faz com que esse 1,80 fosse mais alto ainda! 
Mas herdei o teu enorme coração. E tenho orgulho nisso. Tenho orgulho em ser tão igual a ti e ouvi-lo tantas vezes... Porque passem os anos que passarem, há uma parte de mim que será sempre igual a ti. Será sempre tua.

6 de Janeiro. Feliz 53º aniversário Papá. 
Your little girl, M.

29 comentários

  1. não tenho palavras :') ou melhor até tenho... (fazes-me chorar assim na vespéra da primeira grande apresentação do mestrado??? lol)

    Mafalda, td a gente aqui na blogosfera diz q és especial (eu incluida), mesmo sem te conhecermos...mesmo sem nunca t termos visto ou falado cntg! acho q isso só quer dizer q és msm especial, pq isso sente-se...já t disse 1 vez q tens o dom da palavra, e continuas a dar-me razão ;) o teu papá devia ser tb mt especial, tnh a certeza :)

    força neste dia...beijinhos grandes!

    ResponderEliminar
  2. é tão bom quando se pode falar assim, com tanto amor, de alguém.<3

    ResponderEliminar
  3. Ai, chega uma pessoa a casa da festa dos Reis cá por Barcelona e vem ver os blogs e depara-se com este post! E é claro que se fica de lagrimazita no olho, pois claro está!
    Subscrevo a Margarida, mesmo não te conhecendo, só mesmo por aqui e pelas fotos giras giras do instagram :P e por conversas no twitter, sinto assim um carinho especial por ti, não sei como explicar! És daquelas pessoas que eu gostava mesmo mesmo de conhecer!
    E por isto deixo-te aqui um beijinho bem grande pode ser? :) *

    ResponderEliminar
  4. you made me cry :)
    podes ter certeza, que não há ninguém mais orgulhoso neste momento do que o teu pai por ter uma filha como tu...
    não te conheço, mas dá para ver que és uma excelente rapariga e com um óptimo coração.

    Adorei o texto, parabéns.

    ResponderEliminar
  5. Parabéns ao teu papy. Adorei o teu texto <3

    ResponderEliminar
  6. Oh, que post mais querido :) Parabéns ao teu papá!

    ResponderEliminar
  7. lindissimo texto. ele baba-se assim contigo :D


    prabéns ao teu papá!

    ResponderEliminar
  8. Ai que post tão bonito :') Parabéns ao teu papa!

    ResponderEliminar
  9. Que carta tão bonita, querida. Espero que a passes para um postal e entregues ao teu pai. :)

    ResponderEliminar
  10. Que delícia de post! Woow :'D

    Beijão*
    IV
    http://www.ivaniadiamond.com/

    ResponderEliminar
  11. Já me puseste a chorar Mafalda. Texto lindo. (Pela tua autodescrição temos pontos de personalidade em comum :)) O teu pai está com certeza muito orgulhoso de ti. Tem uma filha linda. (Que apesar de eu só conhecer via blog, twitter, instagram... por atitudes como esta tenho a certeza que vou gostar muito de conhecer pessoalmente :)) Beijinho grande

    ResponderEliminar
  12. Deixaste-me com uma lágrima.
    Um grande beijo de parabéns para ti e família nesta data tão querida :)

    http://www.youtube.com/watch?v=GghCs_C65v0

    <3

    ResponderEliminar
  13. Mafalda arrepiei-me a ler este post tão bonito, tão sincero, tão tu... estou com um largo sorriso na cara. Tenho a certeza que ele olhar por ti a cada segundo e que sabe todas estas palavras... Parabéns a ti por seres assim <3

    ResponderEliminar
  14. opa, puseste-me com um sorriso no rosto ao ler este post!! está tão bonito, tão sentido, tão TU!! tenho mesmo que te dar os parabéns pelo texto e obviamente ao teu Pai!! :D

    ResponderEliminar
  15. Uma relação tão boa, sincera e única que tu tens com o teu pai! Deixaste-me com um sorriso miúda!

    Gostava de ter tido isso :)


    <3

    ResponderEliminar
  16. oh meu amoooor, ele tem tanto tanto tanto orgulho em ti! está um texto mesmo lindo, vê-se mesmo que é de coração! mas não me podes fazer isto que eu estou demasiado sensivel! :p **

    ResponderEliminar
  17. Lindo!
    Quando leio coisas deste género não consigo evitar que a minha mente transponha automaticamente e faça comparações a cada frase para a minha vida. E lá vem a lágrima no canto do olho...
    Parabéns ao teu Paizão!! :)

    ResponderEliminar
  18. Ohhh minha querida, muito já foi dito sobre este post por isso vou apenas dizer: tenho a certeza que ele esta muuuuuuuito orgulhoso de ti. E, é por posts como estes que o malmequer é uns dos meus blogs do coração. Beijinho enooorme**

    ResponderEliminar
  19. parece que li algo vindo de uma menina com não mais de 8 ou 9 anos, no melhor dos sentidos, porque as tuas memórias são puras como as dos meninos dessa idade.
    que preserves isso em ti para todo o sempre, que vai ser o período de tempo que o Pai te vai acompanhar: para SEMPRE.


    *********<3

    ResponderEliminar
  20. que texto lindo a sério.fiquei com um sorriso na cara ao ler o que escreveste.completamente sincero e dedicado :)**********

    ResponderEliminar
  21. Ai. Só nós sabemos o que custa, mas isto deixa-nos sempre mais fortes. Eles estarão sempre a olhar por nós minha querida. Sempre, sempre. (: *

    ResponderEliminar

Contact

Com tecnologia do Blogger.

Instagram - @mafalda_beirao

© MALMEQUER
Design by The Basic Page