Não direi que seria das coisas que tinha de fazer antes de morrer... Não ser uma doutora a sério, mas sim chegar ao que cheguei. É estranho entrar numa escola e ser chamada de Doutora Mafalda. Não me habituei e acho que não me irei habituar... Nunca gostei de rótulos nem daquelas pessoas que adoram catalogar-se em frente aos outros. A Sra. Doutora, o Sr. Engenheiro, a Sra. Arquitecta... Tretas! E talvez por isso ainda me custe a reagir quando a auxiliar que me abre a porta da sala todas as manhãs me diz “Bom dia Doutora Mafalda”. Já lhe disse umas quantas vezes que nem reajo ao doutora, mas ela insiste. Talvez seja por isso que gosto mais quando os meus miúdos me tratam por Stôra. A Stôra Mafalda. E isto é mais para os mais velhos, porque os pequenos nem colocam rótulos. É Mafalda e é tu isto e tu aquilo. Eu sei que há que impor algum respeito e estabelecer limites, mas é assim que me sinto confortável... Mas o post não é sobre isso. 
Sempre disse que seria "psicóloga das crianças”, desde que me lembro. E consegui. Ainda não está tudo concluído e ainda falta uma grande batalha para terminar a “guerra”, mas a maior parte do caminho já está feita. E se o sonho nunca foi ser doutora, ser psicóloga foi, sem dúvida alguma. E isso sim, era algo que tinha de fazer antes de morrer. Confesso que tenho algum orgulho nisso, principalmente porque sei que lutei muito para chegar aqui. E tal como (já) escrevi na dedicatória da minha tese, sei que há alguém que também terá muito orgulho em mim, mesmo não tendo acompanhado este percurso todo presencialmente. Aos poucos e poucos, com algum esforço e persistência, atingimos os nossos objectivos. E este, é mais um que já posso riscar da lista.

20 comentários

  1. parabens Dôtora. Apenas lamento que muitos prefiram o rótulo à competência :)

    ResponderEliminar
  2. awww adoro!
    que profissão tão gira :)

    ResponderEliminar
  3. a sótoraaa é uma linda : ) detesto ser chamada de doutora, eu formei-me em línguas...de doutora tenho pouco ou mesmo nada, só se ser hipocondriaca contar *

    ResponderEliminar
  4. Posso dizer-te que eu ainda não me habituei e faço questão que me tratem por Ana. Não sou dra de nada e acho a definição um bocadinho ridicula.
    Dou-te os meus parabéns por esta nova fase que agora começa e a outra que se avizinha. Desejo-te o melhor do mundo e a maior sorte para esta sina que escolhemos e que nem sempre é fácil.
    Beijinho.

    ResponderEliminar
  5. O mundo é feito disso, rótulos. Enfim que se pode fazer!

    Love,
    www.chicksinfeathers.co.cc

    ResponderEliminar
  6. ai tem mesmo muito orgulho em ti, não tenho dúvida :) mas eu tambem tenhoooo! minha doutorazinha linda :D já te disse qe vais aturar as minhas crianças qdo elas começarem a passar por fases existenciais, já estou mesmo a ver "ou puxas imediatamente essas calças rotas para cima, desfazes essa crista e tiras o verniz preto das unhas ou vais direitinho para a tia mafalda muahahah :p **

    ResponderEliminar
  7. para mim os doutores sempre foram os médicos apenas. detesto esse rótulo, acho ridículo.por isso concordo contigo :)***

    ResponderEliminar
  8. Ohhh minha querida que bom!!Ainda falta batalhar, mas tenho a certeza que é uma batalha que vais vencer sem problemas nenhuns e fico muuuito contente mesmo. Cá estaremos para te parabenizar no final :). Porque quem luta pelos seus sonhos e objectivos merece todo o apoio e mérito ;)
    Quanto aos rótulo, penso exactamente o mesmo que tu, acho ridiculo aquelas pessoas que vivem em função deles e para eles, enfim...escolhas.
    ***

    ResponderEliminar
  9. A parte dos rótulos ée o pior... e ainda há pessoas que fazem questão de colocar nos cartões multibanco. A parte das crianças deve ser a mais gira ;) de certeza que o teu pai esta orgulhoso. Tmb fico contente por estares a realizar um ojectivo teu. É sempre bom quando nos sentimos realizados.

    ResponderEliminar
  10. deves e muito bem ter orgulho e mesmo que não gostes do rotulo de doutora, sempre é algo que dá o teu merecido valor.

    muitos parabéns e que tenhas muitos mais sucessos <3

    ResponderEliminar
  11. A próxima vez que te vir chamo-te de doutora! :P

    Mas percebo perfeitamente o que queres dizer, mas os rótulos, vá, não deixam de existir só porque queremos ou porque nos fazem sentir melhor ou pior.

    Enfim. Cada um é como cada qual, e ainda bem que este é mais um passo para essa tua grande meta!!

    ResponderEliminar
  12. Como deves calcular, no dia em que terminei direito começou o Dr, o colega. E ainda hoje não gosto. para já, faz-me sentir velho. segundo, apenas não gosto. E quem me trata por Dr leva imediatamente o tratamento por tu.

    ResponderEliminar
  13. Boa noite Dr.ª Mafalda. Tenho-lhe a dizer que fico muito contente por ter alcançado as metas a que se propôs :P Também sou muito avessa a doutores e aqui em portugal ligam demasiado a isso ! :P

    Beijinhooooo *

    ResponderEliminar
  14. E só tens que te orgulhar disso, e de todos os objectivos que ainda faltam por cumprir, stôra Mafalda:P

    ResponderEliminar
  15. Parabéns! :)

    concordo contigo, os rótulos são muitas vezes castradores e donos de uma importância que não é verdadeira nem merecedora por si só.

    desejo-te muita sorte nessa escolha. também adoro trabalhar com crianças... adoro pedopsiquiatria e neonatologia. vamos ver... ainda falta algum tempo para saber o que vou seguir...


    LOVE DRESS GIVEAWAY!!!
    http://myfashioninsider.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  16. A simplicidade e humildade pode sobreviver aos títulos, mesmo que existam e sejam ditos todo o santo dia.
    Entendo o facto de serem sempre um corpo estranho a que reajas à defesa mas independente do que te chamem tu sabes que vais ser sempre "A" Mafalda, aquela que é e queria ser psicologa, aquela que já o era antes de ser "doutora" e até "stôra" :)
    Lendo isto parece que te conheço, mas mesmo não te conhecendo (só aqui por este mundinho) todos nós somos nós antes que qualquer diploma nos ponha na categoria de professora ou doutora e é isso que devemos sempre guardar
    Que tudo corra bem!
    xx
    www.thatbananas.blogspot.com

    ResponderEliminar
  17. Tão bommm!
    O meu sonho sempre foi trabalhar com crianças, ainda o fiz durante algum tempo mas o mercado de trabalho não me deixa margem de manobra... Parabéns ;)

    ResponderEliminar

Contact

Com tecnologia do Blogger.

Instagram - @mafalda_beirao

© MALMEQUER
Design by The Basic Page