Não sei se o meu pai aprova ou não as minhas tatuagens... O certo é que, na maioria, são para ele. No fundo, só a mais recente é que é minha. Todas as outras têm algo que lhe pertence. E é uma das coisas que tinha mesmo de fazer before i die - tatuar para o meu pai. Mas não é por aí que eu quero levar este post. 

Ontem, numa aula à noite, falava-se da agressão nas escolas. Lá pelo meio surgiu a auto-mutilação que, além de ser patológico, é considerada uma forma de agressão a si mesmo. Falava-se de cortes de pele, de overdoses e de coisas deste género. 
Até que uma senhora resolveu dar a sua opinião. Ela própria fez questão de começar o seu discurso a dizer “Podia guardar isto para mim, porque vocês sabem que eu sou mais velha que vocês, mas por muito que as opiniões sejam diferentes, eu tenho de partilhar isto”. Primeiro, deixem que vos diga que concordo com ela num ponto: as opiniões são livres de serem expressadas. É verdade... Mas a dela, é no mínimo absurda ao afirmar que as tatuagens são algo patológico. Ora, para a senhora, a dor provocada pela agulha dos piercings ou das tatuagens é algo que só pode ser auto-mutilação, porque, no seu ver, ninguém faz isto por prazer, ninguém se pinta ou fura, como ela diz, porque gosta. A única justificação seria sofrer desta patologia e agredir-se a si próprio por cada tatuagem ou piercing que tem. 
É óbvio que se falou do quão feio acha um corpo tatuado, do ridículo de ter alargadores ou piercings até dizer chega... Mas não obteve resposta do resto da turma. Da minha parte, não foi por falta de vontade... Foi por falta de paciência para a tacanhez - sim, porque isto é ser-se tacanho! 
Já tive cinco piercings, já passei pela agulha da máquina da tinta quatro vezes e os meus furos já vão com 10 mm. Na perspectiva da senhora, eu só posso sofrer desta patologia. Nunca poderia ser por gosto próprio, porque isso parece-me estar fora da equação. E eu, na perspectiva dele, nem sou das piores, porque "aqueles que se pintam da cabeça aos pés, só podem ser maluquinhos”.

Eu sei que a idade é outra e que as gerações são outras. Mas também sei que nem toda gente de gerações mais antigas têm o mesmo pensamento. O que me faz confusão é a mente fechada que as pessoas têm e o quanto custa expandi-las um bocadinho, abrir horizontes e ver para lá das talas de burro que têm em frente aos olhos. Será que é assim tão complicado tentar entender os outros, sem os julgar? Pegando no tão conhecido anúncio da Dermablend com o Rick Genest, custa julgar o livro além da capa? Tudo seria tão mais fácil se os julgamentos fossem deixados de lado... Mas já dizia o Pac dos Da Weasel que “tacanhez, essa há-de ser eterna!”.

30 comentários

  1. Não concordo em nd c essa senhora.. somos livres de fazer o q queremos, nem todos sentimos a dor da mm forma. Pessoalmente não gosto d alargadores, piercings se forem discretos mas tatuagens tenho uma paixao.

    Tenho um pavor gigante de agulhas( tirar sangue??anestesias??injecções?? dêem-me uma marretada n cabeça e a seguir façam isso) e qd fiz a primeira tattoo fui a medo, medo parvo pq xeguei la e não me doeu nadinha, nem mm a parte em cima d osso(fiz a 1ª n calcanhar)..a 2ª ia c um certo receio pq td a gente m dizia q era um local q doia bastante (n pulso mas d lado-podes ver uma foto num post d meu blog)..mais uma vez nao doeu nd, tt q adormeci :) porém, a minha prima, fez n mm local e doeu-lhe..

    nao quer dizer q ela s tivesse a auto punir ou eu.. :)

    ResponderEliminar
  2. Credo!
    Uma coisa não tem mesmo nada a ver com a outra.
    Mas, infelizmente, acho que todas as senhoras da minha terra pensariam da mesma maneira.

    ResponderEliminar
  3. Começa a ser um propósito pelo qual eu já nem me debato com tanto afinco pura e simplesmente porque há pessoas que são tão quadradas e fechadas que acho que viverão irremediavelmente nessa escuridão. É pena vivermos num mundo onde ainda há tanto preconceito e estigmas relativamente a tantas coisas. Gostar ou não gostar, claro. Todos temos padrões estéticos pelos quais nos guiamos. Agora do não gostar a fazer um julgamento a partir daí, vai uma grande diferença. Whatever. De facto, "a tacanhez, essa há-de ser eterna". E só por causa disso, ainda ontem me deu vontade de fazer mais uns furos e uma mini tatuagem .. na volta, preciso de ir ao médico desabafar sobre esta patologia x)

    Beijoca, Mafalda ***

    ResponderEliminar
  4. isso será para sempre um eterno problema que na minha opinião nunca vai mudar. falas-te nas pessoas mais "antigas" e na mentalidade fechada, permite-me discordar, mas acho que realmente não são essas as pessoas piores, essas pessoas estão no direito de estranhar, porque nunca tiveram habituadas a ver tal coisa. O pior são pessoas da nossa idade ou até mais novas, com uma mente mais retrogada ainda. Há pessoas que realmente fazem tudo isto para sentirem dor, é uma das classificações em relação ao porquê de fazer um piercing ou tatuagem. A verdade é que como é obvio, nem todas são assim. Enfim acho que o melhor é ignorar mesmo.
    Beijinhooos

    ResponderEliminar
  5. oh, não concordo nada, então pela lógica da senhora fazer furos nas orelhas também não seria patológico?! aposto que ela os tinha!

    http://myfashioninsider.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  6. Há uma grande diferença entre ter liberdade de expressão/opinião e ser-se preconceituoso e tacanho como tu própria dizes.

    Acho triste que ainda existam pessoas com este tipo de pensamento, mas infelizmente não é a única.

    *beijinhos

    ResponderEliminar
  7. Estás a tirar mestrado em que?
    Ainda bem que existe então um DSM e que não temos como profissionais nos regermos por determinadas opiniões. :)

    ResponderEliminar
  8. Ana, em Psicologia da Educação. E sim, abençoado DSM-IV!

    ResponderEliminar
  9. haverá sempre gente assim, o melhor a fazermos, nós tatuados e furados que somos, é afastar-nos dessas pessoas. eu já o fiz. não ligo a provocações, já nem me chateio sequer com essas coisas. podem-me incomodar às vezes na praia olhares indiscretos, mas não me perturbam mais que um minuto.
    tenho pena de pessoas assim, nada mais, pena que não consigam encarar a arte do corpo como algo de belo e de único.

    *****

    ResponderEliminar
  10. Q ridículo. Ignorância e pronto, nem vale a pena discutir...

    ResponderEliminar
  11. É mesmo muito triste! Mas pronto, assim como eles devem respeitar as nossas opções nós devemos respeitar as deles... Para mim essas pessoas passam completamente ao lado... sabes que és linda como és tanto exteriormente como interiormente, e é isso que importa... Por exemplo eu tenho 3 tatuagens e os meus pais só sabem de uma... devido a eu não os querer submeter a esse "desgosto", mesmo que eles discordem eu faço na mesma, é meu e eu faço aquilo que quero, assim como eles fazem com o seu corpo! Gostava mesmo muito que as pessoas deixassem de julgar as aparências... mas pelo menos em Portugal, ainda vamos ter muito que batalhar!

    xx

    ResponderEliminar
  12. Eu não tenho nenhuma tatuagem, pq ainda não calhou, porque adoro, não em corpos totalmente tatuados, mas se quem o faz gosta, faz muito bem, pq essencialmente/totalmente é para eles e têm significados!

    E quando vais a depilação, quando vais ao dentista, etc... também não sofres?! Vamos andar todos cheios de pelos e com dentes podres pq não podemos sofrer dor alguma.

    Tenho uma amiga que diz às vezes diz que as pessoas deviam pagar imposto cada vez que abrem a boca e essa senhora era uma delas!

    ;)

    PS: o meu pai não gostava de tatuagem e a minha irmã tem uma dedicada a ele!

    ResponderEliminar
  13. Oh meu deus!... só consigo associar isso a falta de cultura. e tinha a mesma reacção que tu e ao resto da tua turma. choque e desistia (mentes assim são praticamente hopeless!)


    (ainda) só tenho uma e o meu pai que ñão queria que eu fizesse até lhe achou piada - também é pequeninha e toda fofinha :)
    e detesto dor!

    beijinho****
    ps: experimenta o seitan panado, é mesmo bom, facil, prático e já disse bom?;)

    ResponderEliminar
  14. Querida, a questão das tatuagens é eterna. Vão haver sempre pessoas que concordam e outros que não. Poucos são aqueles que têm uma posição neutra acerca da coisa.
    Das coisas mais absurdas que já ouvi foi a associação entre drogas e tatuagens.
    A ignorância tem destas coisas...

    ResponderEliminar
  15. realmente.. qe ideia absurda lol e eu qe odeio tatuagens, mas já escolhi uma e qeria tanto fazeeeer! mas acho qe não tenho coragem lol $: ***

    ResponderEliminar
  16. Desde que não me tentem tatuar ou furar... Cada um que fique com as suas escolhas :)
    Quanto a ser patológico... Duvido! É apenas mais uma moda, mais um gosto, vicio ou o que se quiser chamar.
    Uns fumam, outros bebem, outros as duas coisas e outros tatuam ;)

    ResponderEliminar
  17. pena que ainda haja gente tão fechada, tão tacanha, tão "a viver no seu mundo" acho que nisso Portugal sempre será assim infelizmente!

    ResponderEliminar
  18. Sabes o que é que a minha avó diz a toda a gente que fala da minha tatuagem no peito? - É o sitio que mais gosto de ver tatuado. O peito!

    Por isso lá está, depende da mentalidade da pessoa!

    O que ela detestava eram os piercings! E eu já tive MUITOS!

    ResponderEliminar
  19. ahahahahahah o discurso da senhora!! Não sei como te aguentaste!
    A tacanhez está mesmo por todo o lado e nunca há-de desaparecer! Oh gentinha!
    Amoooo piercings e tatuagens!! ;)

    Beijinho*

    http://miminhoscom.blogspot.com

    ResponderEliminar
  20. É mesmo! Olha a minha mãe detesta tatuagens diz que é um desperdício de dinheiro e quando ontem lhe dizia que queria fazer a terceira (sim porque me dou ao trabalho de insistir em ter este tipo de conversa com ela) pedia-me quase a choramingar que não fizesse...
    Tal como tu tenho uma tatuagem para o meu pai e a outra é minha... a terceira terá a ver com aquilo em que acredito e que sei que me acompanhará para o resto da vida...
    Para mim as tatuagens são um modo de nos exprimirmos é algo sem o qual não me imagino, há pessoa que pintam o cabelo de rosa, há outras que dão tudo por tudo para se dissolverem na sociedade e eu sou só eu... Quem convive comigo compreende ou respeita que não compreende temos pena.
    Quanto à tacanhez é mesmo uma praga que nunca há-de ter fim e que se aplica a N situações...
    Ainda há dias em conversa surgiu o assunto da adopção por casais homosexuais e uma pessoa dizia-me que discordava firmemente porque essa criança será gozada pelos colegas e porque não escolheu ter dois pais ou duas mães, e eu pergunto: Quem é a criança que escolhe os pais? E quanto a ser gozada quem de nós não foi gozado por este ou aquele motivos? Se as pessoas tivessem outro tipo de mentalidade as coisas seriam tão mais fáceis, mas as pessoas optam por as complicar...

    Txiiiiiiiiii perdi-me na escritura!
    Beijinhos ♥

    ResponderEliminar
  21. opa...eu pessoalmente nao gosto de piercings e tatuagens só algumas!! mas daí a dizer essa anormalidade que a senhora disse...vai uma grande distância!! sempre fui educada a respeitar o gostos dos outros e o modo como se expressam e como diz a minha mãe: tudo se pode dizer...mas tudo vai do modo como se diz e a quem se diz!! enfim...é o mundo que temos e sinceramente, nao vale a pena lutar por ele!!

    beijinho

    ResponderEliminar
  22. O meu pai não é a favor das tatuagens e piercings mas eu quero muito fazer (ainda estou na fase em que não sei o que escolher e onde fazer) e sei que, quando fizer, ele não vai fazer nenhum escândalo. Primeiro, porque já não tenho idade para que ele "mande" nas minhas decisões e, segundo, porque ele sabe que não vão ser tatuagens ou piercings que vão mudar aquilo que eu sou. Ele pode não achar piada mas também sabe que isso não é o mais importante. Cada qual tem o direito de vestir o que quiser, de ter as tatuagens e os piercings que quiser. Infelizmente, ainda existem por aí muitas pessoas com mentalidades um pouco "limitadas", e não são apenas pessoas mais velhas, também já vi jovens com esse tipo de ideias :/

    ResponderEliminar
  23. se a liberdade de expressão tem limite, acaba no momento em que começa o disparate e incongruênciac. Ou a senhora também na furou as orelhas para pendurar brincos? Ou a senhora não faria uma lipo (ao cérebro)?

    ResponderEliminar
  24. É como diz a frase "a liberdade de cada um acaba onde começa a do outro". a senhora tem todo o direito a ser tacanha e expressar a sua opinião, não pode é esperar que a compreendam. :)

    tal como a beatriz, também eu já me afastei de pessoas quadradas, já tive piercings, hoje penso que demasiados, mas sinceramente na altura faziam sentido e quem achava que não, ora que ficasse na sua. quanto às tatuagens tambem sabes o que penso. for life <3

    ResponderEliminar
  25. A senhora tem alguma razão naquilo que tentou dizer, não soube foi expressar-se correctamente ao início e depois partiu para o simples preconceito, enfim.
    Tanto os piercings como as tatuagens têm algo de "viciante" neles, não conheço ninguém que tenha feito um piercing ou tatuagem e tenha dito "estou tão satisfeito com este que não irei fazer outro".
    Pelo contrário, quem começa com um piercing ou tatuagem acaba sempre por fazer mais uns quantos - eu incluída! ;)

    fashionatemybrains.blogspot.com

    ResponderEliminar
  26. É realmente ridiculo e triste ouvir estas coisas e saber que há pessoa assim tão preconceituosas. Mas infelizmente elas existem e temos duas formas de lidar com elas: ou as ouvimos e andamos sempre tristes e desiludidos com as pessoas ou então viramos costas e seguimos em frente. Porque quem tem tatuagens ou piercings é porque gosta e porque quer. Acho que as tatuagens devem sempre ter um significado e ser uma forma de arte e expressão. Quem não percebe paciência...siga a sua vida ignorante e preconceituosa. Essa tua colega foi só um exemplo de muitos minha querida....o pior e uma psicologa pensar como ela...isso é que é grave, não é as tatuagens que este ou aquele tem. Beijinho:)*

    ResponderEliminar
  27. Que coisa tão estúpida! E essa senhora fala sem saber.. fazer um piercing ou uma tatuagem não doi assim tanto, acho que me doi mais ir à depilação lol até pq é só uma dor momentanea que passa logo! Enfimmm...estou ctg!

    xoxo F.

    ResponderEliminar

Contact

Com tecnologia do Blogger.

Instagram - @mafalda_beirao

© MALMEQUER
Design by The Basic Page